PENELA | 24 DE FEVEREIRO


PENELA | 24 DE FEVEREIRO

REPORTAGEM JÁ DISPONÍVEL


FOTOS DISPONÍVEIS AQUI


- VIVA! Já estamos com o pé nela!

E foi um dia fantástico, com viagens pela História, pela mão de D. Afonso Henriques e pela voz entusiasmante do Dr. Mário José Duarte e, ainda, sem dúvida, pela dedicação de D. Pedro, duque de Coimbra e pai dos descobrimentos. A pequena penha deslumbrou pelas suas memórias, pela sua luz ruas a cima e pelos recantos do castelo, além da Igreja de S. Eufémia com páginas em pedra de Ançã, nos azulejos multicolores, na talha sempre exuberante.

Culminou nos meandros calcários da Serra do Espinhal, contracenando a vegetação rasteira, com o arvoredo viridente, parando em Espinhal, velho concelho com muitos anais e com cheiro a pão fresco, até que desembarcámos nas represas naturais da Louçainha, com um almoço atordoante dos sentidos, preparado com esmero pelo Sr. Vasco Rodrigues e família, no Restaurante da Praia Fluvial da Louçainha.

Pelo vale do Rabaçal (onde nasce a rabaça usada como tempero) e ao encontro dos romanos, soergueu-se majestoso o pano de muralha do castelo de Germanelo (um dos gémeos da lenda dos ferreiros e que o Professor Salvador Arnaut tentou salvaguardar). Na memória ficará incrustada o olhar do Inverno, em mosaico, delicadamente descoberto do manto arenoso, na villa do séc. IV d.C., com a sua área residencial, o balneário, o pátio agrícola e a área rústica.

E o entardecer foi recheado com saberes e sabores à volta do leite de ovelha e de cabra, perfumado pelas pastagens da erva-de-santa-maria (tomilhinha), tentadoramente ostentado numa mesa empanturrada de petiscos que submergiram à nossa gulodice.

Os recantos foram enaltecidos pelas dedicadas Dra. Ana Mendes, Museu e Villa Romana do Rabaçal, Dra. Joana Forte, Município de Penela, e pela Sra. Alice Pereira, Serqueijos Pimenta, que tão gentilmente se disponibilizaram a realçar o seu património tão bem acarinhado. E fundamentalmente ao Dr. Carlos Cerqueira sempre presente a realizar sonhos.

E o próximo para as bandas de Las Médulas.

Enorme gratidão a todos por mais um dia de partilha!

Maria Ivone da Paz Soares